Centro Vianei de Educação Popular

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Curso de formação de gestores de educação do campo – continuidade

E-mail Imprimir
Avaliação do Usuário: / 6
PiorMelhor 
São entendidos como gestores de educação do campo os próprios secretários/as municipais de educação, bem como o pessoal técnico-administrativo das secretarias municipais e Delegacia Estadual de Educação encarregados pelas escolas do campo, os diretores/as de escolas do campo ou encarregados da gestão da “pequena escola”. Ainda, para efeito da gestão democrática (processo interativo, participativo), serão considerados gestores as lideranças que representam organizações e movimentos sociais do campo.
 
Do ponto de vista burocrático e para estímulo aos participantes, essa atividade será tratada em forma de curso de extensão universitária, a ser conveniado com uma das universidades que atuam na região, com duração prevista de 40 horas/aula, na perspectiva da Pedagogia da Alternância, isto é, oferecido em períodos alternados de maneira a compor uma relação dialética entre três momentos pedagógicos: tempo escola, tempo comunidade e tempo pesquisa.
 
Dois grandes blocos caracterizam esse processo formativo: um primeiro, voltado ao conhecimento da realidade/identidade local/territorial, e de auto-conhecimento como sujeitos do campo. Um segundo, orientado ao aprofundamento de políticas educacionais e gestão democrática propriamente dita, planejamento e controle dos processos educativos.
 
A perspectiva é de que esse “curso para gestores”, efetivamente, garanta a constituição de um “Fórum Regional Permanente de Educação do Campo” que, nesse caso, terá nos seus participantes os representantes de grupos e segmentos sociais escolhidos para tal exercício e, como representantes, assumirão a tarefa de produzir e conduzir “políticas regionais/territoriais” de Educação do Campo.
 
A meta aqui proposta é de formação de uma turma por ano de vigência do projeto, com 50 gestores cursistas, com representação de quatro gestores de cada um dos 18 municípios da região
 
Promover  ciclo de debates comunitários sobre Educação do Campo, através de seminários e conferências nos municípios.

 - Seminários Municipais de educação do Campo.
 
Será realizado “seminário de educação do campo”, com vistas, fundamentalmente, a divulgar as Diretrizes Operacionais para a Educação Básica nas Escolas do Campo, discutindo com os participantes as temáticas que essas diretrizes suscitam. De certa forma, trata-se de um evento de sensibilização para a questão da educação do campo na sua especificidade e na sua relação com o modelo de desenvolvimento sustentável que se queira buscar. O público desses seminários será formado por representantes dos diversos segmentos da sociedade civil organizada, entidades do poder público, como, por exemplo, o Ministério Público e órgãos de extensão Rural e, seguramente, por todos os profissionais das escolas do campo de cada um dos municípios. Este último segmento, levando-se em conta um conceito ampliado de ruralidade, significará a totalidade dos profissionais da educação de, pelo menos, 14 dos 18 municípios.

- Conferências intermunicipais de Educação do Campo
 
A conferência tem um caráter de construção de consensos e afirmação de compromissos sobre o tema em foco no ventre de uma determinada coletividade. Pressupõe, pois, um processo preparatório de elaboração de teses e propostas por parte dos interessados, assim como demanda, por parte de uma comissão especial organizadora, ações com o objetivo de mobilizar e conquistar a atenção e o interesse de forma mais ampla possível da sociedade local onde a conferência se realizará. É importante que a conferência seja assumida como promoção oficial da Prefeitura Municipal/Secretaria de Educação, dessa forma, será mais factível a realização das propostas aprovadas e dos compromissos assumidos. É de se prever que nem todas as prefeituras municipais da região em foco queiram assumir tal compromisso durante o tempo de realização desse projeto em sua primeira edição. De todo modo, algumas autoridades municipais de educação já manifestaram a vontade de contar com apoio deste projeto à realização de tal atividade.
 
Conferência Regional de Educação do Campo
 
Ao cabo da realização dos seminários e conferências municipais de educação do campo, e como resultado e no bojo da organização e afirmação do “Fórum Regional Permanente de Educação do Campo”, será realizada uma Conferência Regional de Educação do Campo. Um ponto de chegada e, ao mesmo tempo, um marco para nova partida em termos de afirmação de princípios, propostas e ações educativas do âmbito do “Território do Planalto Serrano”.