Centro Vianei de Educação Popular

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Viveiros do projeto Carbono Social em Rede

E-mail Imprimir
Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 

Chegam os primeiros viveiros para produção de mudas nativas

 

O projeto Carbono Social em Rede fará o plantio de 500.000 árvores nativas na região. Para atender essa meta, estamos implantando, neste primeiro ano do projeto, 5 viveiros para a produção de mudas. Três viveiros com 10x30 metros e dois com 10 x 15 metros. Todos em aço galvanizado.

Quatro dos cinco viveiros serão instalados nos parceiros do projeto. Um no Núcleo Municipal Rural Leoniza Agustini em Curitibanos, outro na Escola Municipal Rural Nucleo Prof Adilha Matias Faria em Fundo do Camp, Otácilio Costa, um terceiro viveiro no Colégio Agrícola Caetano Costa em São José do Cerrito e o quarto viveiro na Casa Familiar Rural de São José do Cerrito. O quinto e último viveiro, desta etapa, será instalado no Centro Vianei de Educação Popular, ampliando a capacidade de produção já existente na entidade.

Somados a estes viveiros, haverá um na Casa Familiar Rural de Cerro Negro, que está sendo construído com o apoio da BAESA (Energética Barra Grande SA), que também produzirá mudas nativas para o projeto.

A opção de implantar esses viveiros em instituições de ensino localizadas no campo é numa estratégia para trabalhar a educação ambiental com esses alunos, e a partir deles a senssibilização dos pais, na maioria agricultores familiares, para as questões ambientais de preservação e recuperação de áreas de preservação permanente.

A montagem dos viveiros iniciará na próxima semana, sendo que este processo deverá demorar mais de 20 dias.

Viveiros de mudas chegam ao VianeiViveiros de mudas chegam ao VianeiViveiros de mudas chegam ao Vianei