Centro Vianei de Educação Popular

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Oficina para a elaboração de pratos a base de Pinhão com os Convívuns do Slow Food

E-mail Imprimir
Avaliação do Usuário: / 1
PiorMelhor 

 Nos dias 06 e 07 de Maio de 2014 na cidade de Lages – SC foi realizada a Oficina para a elaboração de pratos a base de Pinhão com o Convívum do Slow Food Rede Mata Atlântica e a Fortaleza do Pinhão da Serra Catarinense" . Está ação foi promovida pelo Centro Vianei de Educação Popular através do projeto “Promoção e Fortalecimento da Cadeia Produtiva do Pinhão na Serra Catarinense” financiado pelo Fundo Brasileiro para a Biodiversidade – FUNBIO- em parceria com a Rede de Agroecologia do Território Serra Catarinense e Cooperativa Ecoserra que congregam a “Fortaleza do Pinhão”. Esta ação faz parte da estratégia de dar visibilidade ao movimento Slow Food e a potencialidade do uso do pinhão na gastronomia.

O evento de dois dias contou com a presença dos Eco-Chef's do Convívium Mata Atlântica para assessorar a oficina que teve como maior público  agricultoras de vários municípios do Núcleo Planalto Serrano da Rede Ecovida de Agroecologia, técnicas e técnicos do Centro Vianei e da Cooperativa Ecoserra.

Na oficina através dos diálogos de saberes dos sujeitos presentes foram elaborados diversos pratos típicos a base de pinhão como o entrevero e a paçoca. Porém foram construídos novas possibilidades de uso do pinhão como chips, bolinho de paçoca, pão, nhoque, moqueca entre outros.

Como resultado todos aumentaram seus conhecimentos acerca do uso pinhão e abriram “novos horizontes” para utilização do produto em processos de argoindustrialização, construção e socialização de receitas e da importância de buscar um alimento bom, limpo e justo. Entretanto, também se fortaleceu a “união de gentes” como comenta a Agricultora Claudete no trecho a seguir.

Pra mim foi muito proveitoso, principalmente as receitas pois a gente não tinha muito conhecimento de trabalhar com o pinhão. A gente está levando para nosso grupo bastante receita que vai ser muito útil. Além disso gostei bastante da interação com o povo. A gente conversou bastante, deu muita risada com a mulherada de tanta região diferente! (Claudete de Oliveira, Agricultora do Grupo de Produção Agroecológica Coração da Serra do Município de Painel-SC). 

A Agricultora Claudete de Oliveira do Grupo Agroecológico Coração da Serra  

 A Agricultora Claudete de Oliveira
durante a elaboração do famoso
"Entrevero". Prato Típico da região.

O próximo passo será sistematizar e distribuir para os participantes as receitas elaboradas. Note-se que os saberes construídos durante a Oficina também servirão para a reedição da Cartilha “Pinhão – Produto da Sociodiversidade” previsto no Projeto Fortalecimento da Cadeia Produtiva na Serra Catarinense.

A seguir algumas imagens do evento e alguns pratos desenvolvidos.

 

 

Participantes da Oficina Slow Food de Receitas Desenvolvidas a Base de Pinhão. Degustação dos pratos realizados nas Oficina O Cozinheiro Fabiano Gregório  do Convívio Mata Atlântica e a Agricultora Valsiria Ribeiro da Associação Agroecológica Renascer   O Cozinheiro Bernardo Simões do Convivium Mata Atlântica. 
     Oficina Slow Food de Receitas Desenvolvidasa Base de Pinhão.  

Beijão de pinhão recheado de patê de linguiça Blumenau de ricota Pudim de banana com pinhão   Pão de pinhão B) Bolinho de paçoca de pinhão ao vinagrete de pinhão

O resultado do diálogos de 

 saberes dos agricultores e chefes de cozinha da Oficina Slow.